Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Servos Caóticos

Servos Caóticos

A internet aproximou muitos praticantes da Magia do Caos para que notássemos muitas diferenças nas práticas individuais, até mesmo no mesmo panteão. Pessoas maios sábias entre nós aprenderam umas com as outras, as outras ainda reclamam que tudo está "errado". Prefiro aprender do que ensinar, e assim sugiro às demais pessoas.
Tradicionalismos à parte, o meta-modelo (já mencionado em outro blog anterior) da Magia do Caos possibilitou a criação de entidades autônomas conscientes em dimensões paralelas acessassem nossa realidade realizando comandos pré-configurados por estados alterados de consciência. Estas energias usadas por magos caóticos podem utilizar qualquer dos outros modelos juntos, a caracterizar a Magia do Caos a algo mais do que filosofia, mas também uma tecnologia para obtenção de resultados. Então a Magia do Caos como abordagem ou postura mágicka pode usar sistemas e até a ciência já existentes como caminho para resultar, por exemplo, nos SERVOS (o…

MEDO

Uma Poderosa Ferramenta: MEDO

Os Mitos de Cthulhu sempre foram usados pelos praticantes da Magia do Caos por sua característica individual que lhes dá grande poder: o MEDO. Invocações dos seres que compões esta egrégora são latentes desde sua criação, tangíveis numa realidade de eventos crus e intensos desde seu início. Esta história nos foi contada por alguém... Mas ela continua em construção, o que a torna digna de pavor. Mediante este fator tão relevante à nossa existência, o perfil pragmático da Magia do Caos obteve e obtém ótimos resultados na expansão dos 10 % que trancaram nossos cérebros "normais". Claro que outras crenças de outros paradigmas mantidas com grande força são suficientes a trazerem tantos resultados quanto, conforme a energia primária da condução ao sucesso enraizada na pessoa praticante. No entanto o Caos cru, latente, é mais facilmente trabalhado com estes mitos de Cthulhu.

Primeiro pela natureza destas entidades, sem características antropomórficas …

Como funciona Magia Caótica

Cada época possui seu respectivo método de aplicar magia, presumindo-se que tecnologia deveria facilitá-los. Lembro que todas, cada qual em sua época, nada mais são do que linguagens de com ocada praticante vê a sua realidade. Diversos Sistemas de Magia, em sua totalidade, sempre coexistiram, o que mudou é a ênfase que se dá a cada Modelo em determinadas circunstancias.
Mas estas abordagens não passam de ilustrações de processos reais, embora de grande utilidade. Alguns modelos apresentados a seguir podem ser meios para a compreensão das possibilidades aos Sistemas de Magia mais conhecidos, em vez de explicações finais e definitivas.
•       O Modelo Espiritual
•       O Modelo da Energia
•       O Modelo Psicológico
•       O Modelo Informático
•       O Meta-Modelo

O Modelo Espiritual

Este é provavelmente o mais antigo Modelo da Magia, embora talvez tenha surgido logo depois ou simultaneamente com o Modelo da Energia. Podemos achá-lo por todo o planeta, em culturas xamânicas assim co…

Método Caótico

"Cultura não é tua amiga. Cultura serve para a conveniência das outras pessoas e de instituições, igrejas, empresas, uma série de esquemas a te possuir. Ela te insulta. Ela exerce poder sobre você, ela usa e abusa de você. Nenhum de nós somos bem tratados pela cultura... A cultura é uma perversão. Ela fantasia o objeto, cria pessoas maníacas pelo consumo, ela sacramenta formas de falsa felicidade, infindáveis falsas formas de compreenssão, muitas formas de religiões suínas e cultos tolos, convida as pessoas a se imaginarem diminuídas e se desumanizarem por comportamentos similares ao de máquinas a processarem algo"...
Terence McKenna
Cada praticante da Magia do Caos tem seu próprio discurso de rebeldia, uns preferem falar, outras pessoas já estão despreocupadas com isso. Claro que temos limites, por isto queremos vivê-los, numa conspiração constante para sempre mudar. Afinal o conformismo impossibilita qualquer magia.

Ainda assim sempre existem brechas na realidade nas quais…

Cyberkaos

Tesla di Murbox - 3 / 9 / 2014

A concepção de que o "Caos é verdadeiro" abrange todas as loucuras sim, mas nem por isso ignora as ações, reações e suas respectivas responsabilidades. Como ter a chance de apostar na mega sena te faz participar desta brincadeira de fato, independente de ganhar ou não. Faça loucuras que terá as mesmas responsabilidades, como por exemplo que entrará com o corpo despido na água sem se molhar. As chances são muito baixas quando não participar de uma excursão dentro de um submarino. 
Presumindo que você saiba nadar, ao experimentar toda a magnanimidade caótica isto é assustador de fato no seu primeiro impacto, mas ao se acostumar e manter a lida com este caos perceberá que ele também é divino. Isto implica num absurdo de que magos e magas caóticos são "do bem"? Também que somos do "mal"? A realidade dos fatos é nosso testemunho prévio de que tanto faz. Buscamos o sucesso de nossas atividades independente do que falarão sobre... …
Magia do Caos: A arte de surfar
Ao analisarmos Magia e Física na ciência de hoje assumindo uma realidade física enquanto que a Magia apenas assume a ilusão da física enquanto realidade. A projeção da Magia do Caos, enquanto 'surfa' na contínuo inconsciente da existência, atua até a execução de suas metas e, só então, liberar a atenção consciente a cristalizar um resultado pretendido.
Não significa que a Magia subestime o mundo material como algumas religiões e a palavra "ilusão" sem uma conotação negativa, pois no final das contas tudo é ilusório. Várias tentativas de revelar esta ilusão material no último milênio, como a de Johnstone proposta em 1970, de que  o mundo é uma espécie de realidade virtual.
O Modelo Enquanto o surfista pega o mar pronto, conforme sua maré, praticantes da magia do caos modelam suas ondas para surfar conforme seu credo. Numa visão moderna mais objetiva que a dos anciões da magia caótica, em específico Ramsey Dukes, nossa maré de ilusões …

CAOS QUÂNTICO

A física quântica abriu as portas científicas para novos conceitos caóticos de realidades distintas às concepções e teorias prontas. Experimentos controlados em laboratório arrombam as paredes comprimidas da Teoria da Relatividade com novas dimensões além do espaço e tempo. O modelo quântico da aleatoridade entre as posições das ondas-partículas subatômicas, até possibilitou encaixar a "partícula-deus". Estes pedaços existenciais menores que o átomo têm suas atividades caracterizadas por ondas ou partículas a novamente engavetarmos matéria e agora também energias.como os fótons.

Ainda que a física quântica seja um novo paradigma de regras, de leis, uma onda-partícula continua livre de conceitos a medi-las, ainda que possamos interferir pela ação e reação a buscarmos certos resultados às nossas ações. Pouco importa sua medição na magia, mesmo porque a própria medição é uma interferência em sua realidade, no seu real estado. Assim como a ciência tenta achar variantes da camada…

Rompimento Maçônico

Tempos modernos exigem atitudes modernas, do contrário somos fadados ao ostracismo, à mumificação. Respeito as crenças egípcias, no entanto quando maçons políticos se submeterem a ideologias criminosas como as petistas, a questão da ordem fica em segundo plano. Maçons, descendentes dos templários, usaram muito bem a "ordem" para controlar a sociedade, para engavetá-la sob a ponta de suas canetas para que suas tintas acorrentem a evolução humana.

Sim! Somos todos humanos e erramos sempre, até onde chegue nossa avaliação do "certo" o quanto convir. Mas todo este medo da liberdade cedo ou tarde rompe estas algemas quando por exemplo o Estado cria uma equação econômica de criminosos versus cidadãos, cria leis a inocentarem quem mata, quem estupra, quem rouba, para que, ao cumprirem as penitências que a leis os obriga, elimina-se a qualificação de criminosos para todos virarem cidadãos. Como conseqüência todos se tornam "iguais" perante esta democracia de meia…

Fundamentos da Magia do Caos

A Magia do Caos não é uma tradição, o que incomoda a abordagem por muitos teóricos de carteirinha, mas é justo por isto que ela adquire tanto poder aos praticantes que nenhuma outra "tradição" tem. A liberdade utilizada ao mesmo tempo de todas outras tradições, até mesmo as não tradições, a torna uma magia de meta-paradigmas, ou um pacote no qual vários "weltshanung" podem, sem qualquer obrigação, serem intercambiados. Toda pessoa que pratica Magia do Caos é livre a acreditar no que quiser, desde que use sua crença a funcionar e trazer resultados desejados. 
A rainha está morta. Longa vida à rainha!Então percebemos que a Magia do Caos não é um método "novo" ou "diferente", mas é todos os métodos que a pessoa escolha praticar inclusive de tradições. Ela é um 'plus' aos conceitos da pessoa para destacar a liberdade que dá a si mesma e às outras pessoas que praticam magia a fazerem o que quiserem mas que realmente funcione. Viver este meta-p…

O que se tornou Magia do Caos

Conforme passei no post anterior sobre a filosofia por detrás da Magia do Caos, que envolve na sua essência a liberdade e sua respectiva responsabilidade, convém agora fechar a outra ponta deste triângulo. Para dar congruência a isto, temos a liberdade de fazermos nossa Vontade pura, ou a ação, temos os resultados de nossas ações que são tipicamente conhecidos como reações, e fica faltando a terceira ponta do triângulo de nossa "Grande Obra".

Para entender esta terceira ponta entenda a manifestação da liberdade que tanto assustou o pai de Bakunin, um dos anarquistas ancestrais. Lembram que comentei sobre a corrida do pai de volta à aristocracia quando viu a manifestação prática da liberdade? Pois é... Muitas pessoas praticam a magia com seus piores medos e, quando ele se manifesta, correm de volta à ordem comum, ciência, religião ou qualquer outro conceito previsível e aceito pelos grupos que convivem juntos. Como nossas crianças trancadas à sete chaves para serem poupadas…

Magia do Caos

Neste meu primeiro Blog aqui falarei sobre Magia do Caos:

Magia do Caos nasceu de sua teoria, ou Teoria da Magia do Caos - TMC,  conforme Peter J. Carroll formula no seu livro "Liber Kaos", o qual fiz um estudo sobre publicado na Editora Clube de Autores. A distinção desta linha de atividades às outras existentes é no seu paradigma e a aplicação deste nas suas práticas.

Apesar de surgir no Hemisfério Norte, a ênfase num mote é o recurso principal para englobar magia de TODAS as origens. Isso mesmo: TODAS. Metaclypse o Jovem, ou Gregory Hill, nascido em 21 de maio de 1941, falecido de câncer em 20 de julho de 2000 e Lord Omar Khayyam Ravenhurst, ou Kerry Wendell Thornley, nascido em 17 de abril, 1938 e falescido em 28 de novembro, 1998 criaram o mote também base de uma filosifia moderna chamada Discordianismo:

"Tudo é verdadeiro, tudo é permitido". 
Diante da associação deste paralelo com a a filosofia oriental do Yin e do Yang, que nestes paralelos juntos represent…